"Dai-me cem pregadores que nada temam senão o pecado, e nada desejam senão a Deus, e não me importaria se fossem clérigos ou leigos. Com eles eu sacudiria as portas do inferno e estabeleceria o Reino de Deus na terra."


John Wesley

7 de abr de 2011

Escola em Realengo: Tanto Luto!

Ariovaldo Ramos


Rio de Janeiro, Escola Municipal Tasso da Silveira, jovem, de 23 anos, invade escola, onde estudou, e atira nos alunos, a maioria entre 7 e 14 anos. Mata e fere muitos., até que, atingido por um policial, se suicida.

Quantos matou, quantos feriu? Se fosse apenas uma criança já seria muito, tanto que nenhum número esgotaria. Quantos seres humanos tombam de uma forma ou de outra quando um ser humano é abatido? E quantos, por isso, não terão oportunidade de existir?

Começam as perguntas sobre o porquê. Como um ser humano faz algo assim? E corre-se atrás das explicações.

Como um ser humano pode ser capaz de tal atrocidade? É a pergunta que ecoa. Como? Ouço e me pergunto: do que estamos a falar?

Só os seres humanos fazem isso com a sua própria espécie: franco-atiradores; homens-bomba; Treblinka; Auschiwitz; Guantanamo; Sistema Presidenciario Brasileiro; Carandiru; Torres Gêmeas; Revolução Cultural Chinesa; Política Stalinista; Hiroshima; Nagasaki; Ruanda; Serra Leoa; Kosovo; Incêndio de Ônibus com passageiros ou Fuzilamento de Seres Humanos colocados dentro de um ônibus! E mais quantas guerras e atrocidades poderiam ser enumeradas? Só seres humanos fazem isso!

Só os seres humanos se sentem seguros, apenas, quando podem matar o próximo. Só os seres humanos chamam a isso de paz.

Quantas doenças ou religiões ou ismos teremos de evocar para dar sentido às barbáries humanas?

O que há por detrás de tanta barbárie? Nós: Seres humanos. Nós!

Ao chorar por essas crianças, choramos também por nós, por todos nós indistintamente. Precisamos perceber que nosso grande desafio somos nós mesmos. Perceber que há maldade em nós. Precisamos cuidar melhor de nós. Precisamos de zelo pela dignidade humana; de acesso a saúde em todos os sentidos, desde sempre: de uma escola onde um garoto estranhamente diferente possa ser ajudado enquanto é tempo.

Precisamos que todo o esforço não seja para, meramente, melhorarmos na vida, mas, para que a vida melhore em nós.

O que me consola é saber que Deus, segundo Jesus de Nazaré, está lutando por nós, o gênero humano. Que tanto luto não mate a esperança.


Fonte: Ariovaldo Ramos publicou e Genizah reproduziu.

16 de mar de 2011

TERREMOTO, TSUNAMI E DESASTRE NUCLEAR NO JAPÃO


Consolidados com o Japão o Greenpeace e a WWF? Não né? Para eles isso foi um castigo da natureza pelos males que eles causaram as baleiazinhas. Esse é o tipo de ecólogos e eco-chatos que temos por aí.

Compadecer-se com o Japão não é apenas dizer que vai mandar dinheiro ou comida, mas é sentir a dor que eles estão sentindo. Parece impossível, na verdade, nós nunca saberemos o que eles estão passando, não sentiremos na pele, porém podemos tirar um tempo em silêncio, e em vez de perguntar para Deus porque Ele fez isso, perguntar a Ele o que podemos fazer para isso não mais se repetir. Pedir a misericórdia d’Ele para que o desastre nuclear que todos estão predizendo não aconteça, e que a sua misericórdia alcance os japoneses.

Somos egoístas como cristãos quando dizemos que eles mereciam isso. Li por aí muito comentário desse tipo vindo de cristãos que citam versículos e enchem de hipocrisia as reportagens. Isso além de ser um ato egoísta, é nítido que não agrada a Deus. Se Ele permitiu isso, foi para que o povo do Japão volte seus olhos para Ele. O que acredito que isso é apenas reflexo de nossa ganância pelo poderio militar. Aleister Crowley dizia que a ciência tecnológica, esse tipo de ciência partidária era a nova magia. Algo que veio do próprio ocultismo. Quando a bomba atômica foi criada e lançada no Japão pela primeira vez, de acordo com os estudos do Spirit Tv Online e com as comprovações que são mostradas nos vídeos da série, mostram que um determinado ritual foi feito para colocar uma espécie de feto ou criança gerada de um ritual satânico carregando demônios que seriam espalhados com a explosão da bomba, uma espécie de sacrifício. Para os interessados, assistam a série de vídeos com o nome de A CHEGADA.

Porém como não quero falar sobre isso e ficar dando trela ao capeta, quero apenas colocar em pauta a necessidade de não somente orarmos, mas de consolidarmos nossas vidas com o povo japonês. Lá existe perseguição ao cristianismo, em baixa escala, mas existe.

E Deus nessa história? Qual a relevância de Deus nas catástrofes naturais?

Nenhuma! Pois Deus não tem culpa nas catástrofes, os culpados somos nós que criamos tecnologia para nos destruirmos, o resultado é esse, destruição, matança, fome, e morte.

Agora em vez de ficarmos criticando eles por seus atos, que acredito seriamente que Jesus não os culpou nenhuma vez, e se Ele que é o Filho de Deus não os culpa porque nós idiotas, egoístas e “evangélicos” devemos culpar eles pelo acontecido? Por que não dobramos nossos joelhos pedindo perdão pelos nossos pecados primeiramente, antes de acusar um povo que não segue a Cristo? Qual a diferença de um povo que não conhece a Deus de um povo que diz conhecer-lo, mas que não pratica o ato mais lindo de Deus conosco que é a misericórdia?

Fica a dica!

SOS Japão!

Um forte terremoto de magnitude 8,9 - de acordo com a medição da agência americana US Geological Survey - atingiu o Japão por volta das 15 horas (horário local). Pela medição da Agência Meteorológica do Japão, o tremor foi de 8.4.

O epicentro foi na costa próximo à província de Miyagi, a 373 quilômetros da capital. alerta de tsunami para ondas de até 10 metros em toda a costa do Pacífico. A Agência Meteorológica emitiu. As ondas podem atingir também as Filipinas, o Havaí, a costa pacífica da Rússia, a Indonésia, Taiwan e mesmo países da América do Sul como o Chile.

Em Sendai, capital da província de Miyagi, os sismógrafos registraram tremores de até 7 graus na escala japonesa. A energia elétrica e o gás foram cortados na cidade. Outras duas réplicas, de magnitude inferiores a 6, atingiram o arquipélago e fizeram com que os prédios na capital balançassem continuamente.

O epicentro do abalo se deu no fundo do mar, a uma distância de 160 quilômetros da costa, no mesmo local onde ocorreu um terremoto de 7,3 graus na última quarta-feira. mostrou imagens de barcos e carros sendo arrastados pelo tsunami na região mais a leste de Tóquio. A TV pública NHK. Muitas casas e regiões agrícolas foram atingidas pelas águas.

Ainda não se sabe o número de mortos e feridos. Mas a tevê japonesa já noticiou a morte de seis pessoas, carregadas pelas águas do tsunami.

Em Chiba, tanques de uma companhia de gás pegaram fogo e há risco de explosão na área.

A rede TBS mostrou um prédio em chamas na ilha futurística de Odaiba, em Tóquio. Os trens e o metrô pararam de circular e milhares de pessoas deixaram os altos edifícios comerciais da capital, lotando as ruas.

Em 1933, um terremoto de magnitude 8,1 atingiu a região metropolitana de Tóquio e matou mais de 3 mil pessoas.

Os tremores de terra são comuns no Japão, um dos países com mais atividades sísmicas do mundo, já que está localizado no chamado 'anel de fogo do Pacífico'. O país é atingido por cerca de 20% de todos os terremotos de magnitude superior a 6 que acontecem no mundo.

O Tremor de 8,9 de magnitude foi um dos mais fortes da história




Fonte: BBC Brasil
 
©2009 ** Por ADILINHA