"Dai-me cem pregadores que nada temam senão o pecado, e nada desejam senão a Deus, e não me importaria se fossem clérigos ou leigos. Com eles eu sacudiria as portas do inferno e estabeleceria o Reino de Deus na terra."


John Wesley

30 de dez de 2010

Obedecer é melhor do que sacrificar...



DEUS diz, muitas vezes, que não quer nossas ofertas e sacrifícios quando são oferecidos por meio de rituais hipócritas. Ele deseja, em primeiro lugar, nosso amor e nossa obediência.

• O sacrifício era um ritual que demonstrava a comunhão entre o homem e DEUS. Mas se o coração da pessoa não estivesse verdadeiramente arrependido ou se ela não amasse o Senhor de verdade, o sacrifício era uma cerimônia vazia.

• Cerimônias religiosas ou rituais são vazios a menos que sejam apresentados com atitude de amor e obediência. "Ser religioso" (ir à Igreja, trabalhar em um departamento, fazer doações à assistência social, etc.) não é suficiente se não agirmos com devoção e obediência a DEUS.

• As cerimônias religiosas envolviam o sacrifício de animais no Tabernáculo e, como disse Davi "Sacrifício e oferta não quiseste; os meus ouvidos abriste; holocausto e expiação pelo pecado não reclamaste" (Sl 40.6). DEUS não deseja ofertas queimadas; Ele quer nosso constante serviço, durante toda a nossa vida.

DEUS havia estabelecido um sistema de sacrifícios para encorajar Israel a obedecer-lhe alegremente. Ele exigiu que o povo fizesse esses sacrifícios não porque os sacrifícios o agradavam, mas porque faziam o povo reconhecer seus pecados e voltar-se para DEUS. Depois de algum tempo, os israelitas continuaram a oferecer fielmente os sacrifícios, mas se esqueceram da razão pela qual o faziam, e passaram a desobedecer a DEUS.

DEUS não deseja sacrifícios; Ele quer nossa obediência e a promessa de que será o nosso DEUS, e que nós seremos o seu povo.

• DEUS não deseja sacrifícios; Ele quer nossa amorosa lealdade. Ele não deseja ofertas, mas quer que o reconheçamos como DEUS.

• Rituais religiosos podem ajudar as pessoas a compreender DEUS e a alimentar seu relacionamento com Ele. É por isso que DEUS instituiu a circuncisão e o sistema sacrifical do AT, e o batismo e a Ceia do Senhor no NT. Porém os rituais religiosos somente são úteis quando praticados sob uma atitude de obediência e amor a DEUS.

• Se o coração de uma pessoa estiver longe Dele, qualquer ritual será apenas uma imitação vazia. DEUS não desejava os rituais dos israelitas. Ele queria seus corações.

DEUS não deseja sacrifícios; Ele quer que sejamos misericordiosos. Em Mateus 9.13, disse Jesus: "Misericórdia quero e não sacrifício".

DEUS odeia a falsidade e a hipocrisia; Ele quer ver a justiça correr como um rio.

DEUS odeia a adoração daqueles que o fazem apenas por exibição. Se estivermos em pecado, mas usamos rituais e tradições religiosas para dar a impressão de que somos bons, DEUS desprezará a nossa adoração e recusará o que lhe oferecemos. Ele deseja corações sinceros e não o louvor dos hipócritas. Ao adorar na Igreja, será que você está mais preocupado com sua imagem ou com sua atitude para com DEUS?

DEUS não se satisfaz com ofertas; Ele deseja que façamos o que é correto, amemos a misericórdia e caminhemos humildemente.

• O Senhor quer que as pessoas façam aquilo que é correto, amem a misericórdia e caminhem humildemente com Ele. Em seus esforços para agradar a DEUS, procure examinar essas áreas com freqüência. Será que você trata as pessoas com justiça? Você mostra misericórdia àqueles que agem mal em relação à sua pessoa? Já aprendeu a ser humilde?

DEUS não está interessado em penitências; Ele quer um coração quebrantado e arrependido.

DEUS quer um espírito quebrantado e um coração contrito. Você nunca poderá agradar ao Senhor com suas ações exteriores, não importa quão boa sejam, se a atitude de seu coração não for correta. Você está arrependido de seus pecados? Verdadeiramente pretende parar de pecar? Este tipo de arrependimento agrada a DEUS.



QUE DEUS ABENÇOE...

Fonte:
http://jovensloucoscomumsoproposito.blogspot.com
João Placoná

28 de dez de 2010

JESUS, o verdadeiro natal...





• Natal significa nascimento, o nascimento do Salvador Jesus.

• Então é uma data a ser comemorada, mas infelizmente não tem sido assim dentro do contexto cristão. Muitas coisas são faladas, criadas, inventadas e assim está se roubando do povo de DEUS a alegria de comemorar esta data linda e abençoada.

• É fato que ninguém sabe o dia correto do nascimento de Jesus, mas isto é o que menos importa. O importante é o mundo reconhecer que o nosso Salvador nasceu e veio a este mundo. Tantas situações foram criadas para assim acabar com alegria do natal: dizem que a arvore de natal é demoníaca, que as bolinhas de natal significam cabeças de crianças pendurada, e etc. São tantas fábulas criadas sem contexto histórico sério, e as pessoas ouvem e passam a vender esta idéia de uma forma errônea.

• Com isto satanás vem ganhando terreno e roubando o povo cristão esta festa linda. Ele vem colocando o papai Noel no lugar de Jesus, e nós, povo de DEUS, é o culpado por sermos omissos. Estamos deixando nossos filhos acreditarem em papai Noel e não em Jesus.

• Hoje em dia quando se fala em natal, logo se lembra papai Noel e não em Jesus. Pensa no velinho e não no Salvador, querem só presentes e não reconhecem o verdadeiro presente que é Jesus. Tudo isto porque deixamos de viver e proclamar o nascimento de Jesus.

Árvore de Natal: Árvore de Natal é um símbolo natalino que representa agradecimento pela vinda de Jesus Cristo.

Presentes: Os presentes significam que DEUS não abandonou o homem, que ele nos deu o maior presente: Jesus. Esse presente é para qualquer pessoa que quiser; rico, pobre, preto, branco, morador de favela, japonês, coreano, filho de mãe solteira, que o pai não ama, não respeita, não importa. O presente de DEUS é para todos.

Estrela: A estrela representa o sol da justiça que guiou os magos. A estrela tornou- se símbolo do extraordinário que aconteceu naquela noite, ela aponta para o local do nascimento de Jesus e aponta para a plenitude de vida que representa essa vinda de DEUS ao mundo.

Cantata ou Coral: Simboliza o primeiro dia em que os anjos vieram a Terra cantando. Não se ouviu na história que os anjos cantaram aqui na Terra, a não ser no dia em que Jesus nasceu.

Ceia: A ceia representava o Cordeiro Pascal, a presença do Cordeiro que tira o pecado do mundo. Eça une as pessoas e festeja a vinda de Cristo.

Guirlanda: Na Inglaterra, sempre-vivas eram usadas como decoração de Natal nas ruas. Na Alemanha, passaram a arrumá-las em forma de círculo, representando o amor de DEUS que nos protege.

• Fica claro que os símbolos são apenas símbolos. Não há nada de especial ou errado neles, é apenas uma forma de celebrar o Natal. O ESSENCIAL DO NATAL É CRISTO!

• O grande problema não é o Natal e seus símbolos, mas sim deixar de louvar a Cristo e proclamar o nosso Salvador. Por isto enfeite sua casa, dê presentes, faça sua ceia. Nunca perca a essência do Natal. E o mais importante ensine a quem puder que tudo é feito para glorificar e celebrar o nascimento de Jesus Cristo, nosso Salvador.

• Não podemos nos calar diante da grande verdade que Ele veio viveu, morreu e ressuscitou para salvar a humanidade.

JESUS É O VERDADEIRO NATAL...

Pr. Jorge Linhares


http://jovensloucoscomumsoproposito.blogspot.com/


24 de dez de 2010

 
©2009 ** Por ADILINHA