"Dai-me cem pregadores que nada temam senão o pecado, e nada desejam senão a Deus, e não me importaria se fossem clérigos ou leigos. Com eles eu sacudiria as portas do inferno e estabeleceria o Reino de Deus na terra."


John Wesley

2 de set de 2009

Universal pede para o Ministério Público investigar Promotores

da Folha Online

A Igreja Universal do Reino de Deus pediu oficialmente nesta segunda-feira que o Ministério Público de São Paulo investigue os promotores que denunciaram o bispo Edir Macedo e outros nove membros da igreja.

Segundo nota divulgada pela assessoria da Universal, o pedido de sindicância foi baseado em reportagens divulgadas pela imprensa sobre a legitimidade da denúncia.

Leia a íntegra da nota da Universal


Reportagem do programa "Reporter Record", da TV Record, divulgada ontem à noite, ressalta o relacionamento entre o promotor Roberto Porto, responsável pela ação, e a juíza Patrícia Alvarez Cruz, que foi titular da vara onde a denúncia foi acolhida, o que invalidaria a denúncia. Porto e Patrícia foram namorados.

O Ministério Público também divulgou nota hoje na qual rebate as suspeitas da Record e esclarece que a denúncia foi oferecida pelos promotores do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) e foi recebida pelo juiz Gláucio Roberto Brittes, da 9ª Vara Criminal de São Paulo, após ser distribuída pelos trâmites legais do TJ (Tribunal de Justiça).

"A distribuição da denúncia foi feita de acordo com os trâmites legais, ou seja, por meio de procedimento eletrônico adotado pelo Tribunal de Justiça.

A juíza Patrícia Alvarez Cruz, citada na reportagem, nunca atuou no processo criminal em questão que, conforme já explicado, é presidido pelo juiz Gláucio Roberto Brittes", diz a nota, assinada pelo procurador-geral de Justiça de São Paulo, Fernando Grella Vieira.

A reportagem do programa "Repórter Record" também criticou a TV Globo e mostrou uma entrevista com o bispo Edir Macedo. Cerca de 15 minutos depois, a Globo exibiu no 'Fantástico' reportagem na qual fiéis dizem ter sido enganados pela Igreja Universal do Reino de Deus.

Edir Macedo se defendeu das acusações durante a reportagem. "Antes eles tinham medo que eu fosse candidato à Presidência da República e hoje eles têm medo que a Record se posicione em primeiro lugar", disse o fundador da Universal e dono da Rede Record.

Já na Globo, a reportagem, realizada por Cesar Tralli, mostrou ex-fiéis da Universal e propriedades de luxo que seriam de integrantes da igreja.

Universal pede para fiel tirar Globo da TV, diz "Ooops!"

A "guerra" entre a Igreja Universal do Reino de Deus e a Rede Globo ganha mais um capítulo. Pastores e obreiros da Universal começaram a persuadir os fiéis a "dessintonizarem" a Rede Globo de suas TVs, sejam abertas ou pagas, segundo informa a coluna "Ooops!", do UOL.

A ordem foi dada por pastores e, principalmente, obreiros, em duas unidades da igreja: em Santa Cecília, região central de São Paulo, e na Catedral da Fé, em Santo Amaro, relata a coluna.

O ibope da disputa Globo x Record teve pouca alteração, mas, segundo fiéis, essas duas igrejas estavam muito mais cheias neste fim de semana, apesar do sol e do calor.

A coluna teve acesso às duas igrejas e informa que o assunto do fim de semana foi a "TV do diabo" (Globo). Obreiros e fiéis repetiam que a Globo representa o mal que quer destruir a igreja, e que a única forma de impedir que essa "ameaça" entre na casa do fiel seria "tirar o mal da TV".

"Dá pra tirar esse mal de qualquer aparelho, e se você tem TV a cabo é mais fácil", explicava um obreiro aos fiéis, em meio a um culto em Santo Amaro, na manhã de domingo. "Quem tem TV a cabo ''e mais fácil, é só bloquear. É só bloquear!"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
©2009 ** Por ADILINHA