"Dai-me cem pregadores que nada temam senão o pecado, e nada desejam senão a Deus, e não me importaria se fossem clérigos ou leigos. Com eles eu sacudiria as portas do inferno e estabeleceria o Reino de Deus na terra."


John Wesley

21 de abr de 2010

A DOR DE UM CHAMADO




O início

Quando Deus quer fazer algo em nossa vida, primeiro Ele nos prepara, seria como preparar a terra para receber a semente. Mas nesse preparo, muitas das vezes Deus tem que tirar algo de nós, e isso nos fere muito. Em Gênesis 11 conta a história da família de Terá, pai de Abraão. A historia da família de Terá começa com a morte de seu filho Harã. É inevitável a dor que a morte de um ente querido traz para a família, principalmente para os pais. Não há dor maior do que um pai ver seu filho morrer. A morte de Harã foi tão forte que marcou para sempre a vida de seu pai. Com toda a angustia carregada, Terá toma toda sua família e se mudam do local, indo morar em Canaã. Mas este não foi o destino final da viagem.

Foi a ofensa da perda do filho que fez com que o pai de Abraão não chegasse a Canaã. A morte do filho o amargurou tanto que ele não conseguia caminha mais! E não entrou em Canaã, ficando no caminho, e onde ele parou chamou o lugar de Harã. Harã queria dizer dor, amargura, morte.
Esse trecho é muito importante pois ele retrata situações que acontecem com muitas pessoas hoje em dias. Por situações que marcaram tristemente a vida das pessoas, elas se torturam por isso. Quantos irmãos hoje carregam uma dor por não liberar perdão a seus irmãos? Quantos famílias estão destruídas por ter falta de amor?

Deus deixa que nós passamos por situações difícieis pois Ele nos prepara algo muito melhor no final. Mas muitos se rebelam com a vontade de Deus e se acabam por matar a si mesmo em dores. Terá não aceitava a morte de seu filho. Muitos hoje não aceitam reconhecer quem são de verdade.

Deus tinha uma obra na vida de Terá, mas essa obra foi paralisada porque Terá não aceitava a morte de seu filho.

Quantos sonhos de Deus Ele tem para nós, mas muitas das vezes nós não entendemos a sua vontade e nos amarguramos com toda a situação ao nosso redor e por fim acabamos por matar as promessas que Deus tem para nossas vidas.

O problema de Terá é que ele estava com os olho nos problemas, na morte de seu filho, e por esse momento ele deixou de olha para Deus, para Aquele que pode todas as coisas. Terá interrompeu a história de Deus para sua família, mas Deus não. Quando o homem interrompe a história, Deus continua com ela! Deus passa adiante a promessa para os herdeiros! Quando não somos fiéis a Deus na nossa família, Ele levanta outra pessoa para continuar a história.
Terá acabou morrendo em Harã, a sua história tinha se acabado, mas a de Deus não!

Gênesis 12.1 “Ora, o SENHOR disse a Abrão: Sai-te da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei”

A segunda chance

Deus não desistiu da história que Ele tinha para aquela família, e para dar continuidade Ele chama Abraão! Abraão, saia da casa de teu pai, da incredulidade, da esterilidade! Era isso que Deus estava dizendo a Abraão, o tempo de sofrimento acabou, era hora de recomeçar, era hora de voltar para os caminhos de Deus. Devemos amar mais as promessas de Deus do que aquilo que nos machuca. Abraão não estava entendendo nada. “Como assim sair da minha casa, largar minha família?” era o que Abraão devia pensar. Mas Abraão creu no Senhor, e partiu. Eis que agora uma nova história se inicia, a história da vida de Abraão.

A História da vida de Abraão

Gênesis 12.2E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei e engrandecerei o teu nome; e tu serás uma bênção”.

Em Gênesis 15 Deus diz: Não tenha medo! Abraão não estava preparando para receber tudo de Deus, Abraão não entendia muito bem o que estava acontecendo, mas Deus acalmava-o dizendo, Não temais, Eu estou contigo!

No início da nossa história com Deus, nós não entendemos nada! Não sabemos o que Deus quer de nós, o que devemos fazer, nada! Quando plantamos uma semente, ela leva tempo até que dê frutos, com Deus é assim também, no início aprendemos a conhecer a Deus, e com o tempo os frutos virão. Nós não somos capazes de fazer nada, somos apenas usados por Deus. É Ele quem faz todas as coisas. Abraão achava que a herança não seria para ele, pois ele ainda não tinha filhos.

Quando tudo diz que não, eis que Jeová aparece e muda a cena! Em Gênesis 15.4, Deus promete a Abraão que o farei pai de uma grande nação! Mas como, se sua mulher era estéril?
Ah, é aqui que está o grande segredo de uma história com Deus. Deus age através da fé! Não foi à toa que Abraão é conhecido como o pai da fé! Se você não tiver fé que Deus há de cumprir as promessas na tua vida, você acabará por morrer como aconteceu com Terá.

E é nesse instante que a grande reviravolta ocorre na vida dos crentes! Quando Deus nos promete, mas ao nosso redor, tudo diz que não vai dar certo. Quantos crentes desistiram de sua fé por acreditar mais nas circunstâncias do que em Deus? Quanto sonhos de Deus morreram quando seus filhos desistem por acreditar que não conseguiram?

A diferença está onde você se posiciona. Abraão preferiu ficar no centro da vontade de Deus, diferente da atitude de seu pai, que preferiu parar no caminho. (Leia Efésios 4)

O chamado de Deus para uma pessoa não se compra, não vem pronto. Ele tem que ser gerado, tem que sofrer as dores de partos. Muitos querem copiar os chamados alheios, mas Deus quer dar um chamado novo! De nossas entranhas tem que sair algo genuíno, algo novo, tem que sair sua identidade que vem do coração de Deus. Não adianta trocar de ministérios. Se Deus te chamou para ser isso, que seja!
A pior coisa que existe é, mesmo fazendo a obra de Deus, estarmos no lugar errado. Devemos ser o que Deus quer que sejamos, nem mais nem menos. A unção de Deus só desce pela tua cabeça quando você se encontra no lugar certo!

Fé – Gênesis 15.5

Eu não vejo nada, mas lá dentro diz: vai e ande sobre as águas! Quando temos fé, Deus fala conosco e revela seus sonhos para nós. Sara, mulher de Abraão não tinha fé, era uma mulher estéril. Devemos tomar cuidado com pessoas que são estéreis, que não crêem no Senhor (isso inclui os religiosos), possam matar nossa fé! Foi o que Sara tentou fazer. Abraão ficou influenciado por Sara. Sara estava interferindo na historia de Abraão com Deus. Não deixe que pessoas venham atrapalhar tua relação com Deus! Quantas pessoas tem interferido nas nossas vidas tentando matar nossa fé!
Namoros errados, empregos errados, ministérios errados intereferem na nossa relação com Deus. Não podemos deixar que outras pessoas escrevam nossa historia com Deus.

O erro – Gênesis 16

Abraão seguiu o conselho de Sara, desacreditou que o Senhor lhe daria um filho através de Sara, e se deitou com sua escrava! Ah, essa parte eu chamo de o grande erro! E isso é semelhante ao que ocorre hoje. Quantos de nós decidimos dar ouvidos a outras pessoas e simplesmente ignoramos a voz de Deus. Às vezes acreditamos que o nosso jeito será o melhor pra nós. Esse é um grande erro, que traz grandes conseqüências. Abraão estava com medo, pois ele já estava velho, Como que Deus o faria pai de uma grande nação?

Eis então que nasce Ismael. Ismael era o resultado do medo de Abraão. Hoje as pessoas não sabem esperar em Deus. Esse fato de não saber esperar em Deus, revela que a pessoa vive uma vida de medo, de descrença. Esperar é tão importante quanto fazer!

O cumprimento da promessa – Gênesis 17
Deus quando quer algo de nós genuíno, algo puro, algo verdadeiro, Ele nos estica até sair alguma coisa. E foi assim que Deus fez com Abraão, com 99 anos de idade, Deus aparece a Abraão e reafirma tua promessa e nesse momento cai a ficha de Abraão, Ele entendeu o propósito de Deus, quando Deus diz: Ande na minha presença e seja perfeito!

Nesse momento Abraão se prostra ao chão e adora o Senhor, com uma adoração genuína. Abraão estava todo velho, cansado, mas pela primeira vez ele se torna dependente de Deus.
O Senhor só vai cumprir a sua promessa nas nossas vidas quando nos encontrarmos totalmente dependente dEle! Se Deus nos trouxe aqui, Ele nos levará de volta!

A adoração perfeita – Gênesis 22
Constantemente Deus nos prova pra que confiamos mais nEle! Devemos sempre pensar que Deus vai fazer algo surpreendente no final. Uma historia com Deus não existe sem sacrifícios, sem experiências reais. Tudo o que temos, tudo o que Deus nos deu, é dEle. Deus nos dá um filho, mas Ele pede de volta. Porque tudo é dEle! Você está disposto a dar sua vida a Deus?

Deus pede a vida de Isaque. Nesse momento, Abraão já era um homem como Deus desejava, mais importava fazer a vonatde de Deus do que a dele, mesmo que fosse para tirar a vida de teu filho. Abraão pegou seu filho e foi sacrifica-lo por amor a Deus. O quanto você ama a Deus?
Eis que o tempo chegou, e Deus deseja que entreguemos tudo nas mãos dEle!

Até que ponto você é capaz de oferecer tua vida em adoração a Deus?

Paternidade

Pela primeira vez aparece na Bíblia a palavra adoração, quando Abraão oferece teu filho a Deus. Em Gênesis 11 vimos que Terá não consegue superar a dor do filho, se irando contra Deus, mas em Gênesis 22 vemos que Abraão oferece seu filho Isaque (em torno de trinta anos) sem dores ou amargura contra Deus. Foi nesse momento que a semente de Abraão foi transferida para Isaque! Pois Isaque pode conhecer o Deus que o pai dele servia. Pois Isaque percebeu o quanto seu pai confiava em Deus. E essa paternidade gerou em Isaque a continuação da história de Abraão. Um pai de uma grande nação!

Qual é o Deus que você tem demonstrado com o teu testemunho? Quando as pessoas te olham, elas querem ter o mesmo Deus que você? Abraão vivia uma vida direita porque amava o Senhor e seu filho Isaque reconheceu isso e quis ter o mesmo Deus que teu pai. E você? Seu filho deseja ter o teu Deus? Sua familia, seus amigos? Como voce tem demonstrado Deus em tua vida? Uma vida de santidade? Uma vida de festas? Desobediência?

O teu testemunho revela a qual Senhor você serve.



Este texto foi feito sobre uma ministração
pregada pelo Ricardo Robortella na Escola do Clamor 2009.
http://www.diogoasnacoes.blogspot.com

Um comentário:

  1. Parabéns pela iniciativa do blog. Que este espaço sirva sempre para glorificar a Deus e conclamar os homens a servi-lo.

    Aproveito para lhe convidar a conhecer o meu blog, onde vai encontrar artigos e videos cujo propósito é edificar vidas.

    Estarei lhe seguindo aqui, e ficaria muito alegre se você também nos seguisse lá.

    www.hermesfernandes.blogspot.com

    Te espero lá!

    ResponderExcluir

 
©2009 ** Por ADILINHA